sábado, 31 de janeiro de 2015

KTM 50 com Estator, CDI e Cachimbina:

Após seis meses de estudos e testes nasceu o conjunto para a KTM 50 [cinquentinha].
Mais um cliente satisfeito!



segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Faróis de LED instalados numa Suzuki DR 800:

O proprietário desta Suzuki DR 800 ficou tão satisfeito com os faróis de LED que foram instalados em sua moto que nos enviou as fotos!

Consulte nossos preços pelo email cachimbina@gmail.com.






segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Rio Grande do Sul e Uruguai sobre duas rodas:

Este final de ano o casal  Cachimbina percorreu 3.770 quilômetros entre o Rio Grande do Sul e o Uruguai. Foram oito dias pelas seguintes cidades:

- Saída de Herval d'Oeste (SC) dia 22/12/14;
- Caxias do Sul, Gramado, Nova Petrópolis (pernoite de 22 para 23/12);
- Praia do Cassino, Cidade do Rio Grande, Pelotas (pernoite de 23 para 24/12);
- Chuí (Aduana), Punta del Leste, Maldonado (pernoite de 24 para 25/12);
- Montevidéu (pernoite de 25 para 26/12);
- Colônia do Sacramento (pernoite de 26 para 27/12);
- Trindad, Paso de los Toros,  Rivera (Aduana), Santana do Livramento (pernoite de 27 para 28/12);
- Rosário do Sul, Alegrete, Santiago (pernoite de 28 para 29/12);
- São Miguel das Missões, Panambi, Condor, Frederico Westphalen (pernoite de 29 para 30/12);
- Ametista do Sul, Planalto, Chapecó, chegada em Herval d'Oeste dia 30/12/14.

A moto utilizada foi uma Kawasaki Vulcan 500cc, 94/95 - que se comportou muito bem apesar dos 20 aninnhos!

A história do cãozinho da foto está na íntegra neste link -
Gaúcho, o filhote do cemitério. Um conto de Natal (atrasado): - mas saibam que ele foi o terceiro passageiro por 120 quilômetros!

Nenhum hotel ou data para a chegada em alguma cidade foi programado, a viagem foi acontecendo. Isso dá liberdade, mas também causa alguns desconfortos por não encontrar hotel e ter que ir para a cidade seguinte, ou pegar algum que não seja satisfatório.

O outro casal que viajou junto na ida e pelo Uruguai, em Santana do Livramento se separou e voltou para Joaçaba, pois tinham compromisso. Somente o casal Branco [Cachimbina] e Bete seguiram sentido oeste do Rio Grande do Sul.

Sobre documentos para entrar no Uruguai, é imprescindível que esteja com o Passaporte ou o RG (Cédula de Identidade emitida pela Secretaria de Segurança Pública do seu estado) com menos de 10 anos de emissão. A CNH nem precisa comentar, né?!

Os documentos da moto tem que estar no nome do piloto ou com uma autorização registrada em cartório. Se estiver em nome de Pessoa Jurídica, tem que ter a autorização mesmo o piloto sendo sócio. Tem modelo na internet, basta procurar por "Autorização para tráfego de veículo fora do território nacional".

CARTA VERDE - é um seguro obrigatório que tem que ser feito para poder transitar nas estradas de qualquer país do Mercosul. Dizem que pode ser feito lá na fronteira, mas é mais seguro fazer como o casal que preferiu fazer através o Corretor de Seguros da cidade e chegar na Aduana com tudo certo [por conta dos feriados e poder não chegar em horário comercial - daí atrasar a viagem].

Viajar de moto pode pode até sair mais caro do que viajar de avião ou ônibus, mas com certeza é uma aventura inesquecível!!

Se precisarem de alguma dica, só comentar :) 

Algumas fotos abaixo - sendo que há muitas outras nos álbuns do Facebook da Bete: 







GRAMADO 22 DE DEZEMBRO DE 2014!














ESPERANDO A TEMPESTADE DE 26/12 QUE ALAGOU MONTEVIDÉU DAR UMA ACALMADA







PARADA EM ALEGRETE PARA VISITAR O PARCEIRO JUNICO DA COMANDO MOTO PEÇAS 






PLANALTO/RS

TEMPESTADE EM IRANI/SC

CHEGADA - 3.770 KM DEPOIS

domingo, 16 de março de 2014

Etapa de São Cristóvão do Sul do Campeonato Catarinense de Velocross LIMASC

Neste domingo aconteceu mais uma etapa do Campeonato Catarinense de Velocross LIMASC - desta vez a cidade que recebeu as equipes foi São Cristovão do Sul. Foram dois dias de fortes emoções.

A Equipe Cachimbina esteve lá prestando assessoria e demonstrando os produtos da Zelindo Branco Ltda.

Quem levou o 1o. lugar na categoria Nacional 230 4T, COM CACHIMBINA, foi o piloto Ricardo Gargione de Lages:



Montagem do Magneto Giromax numa KTM 65

KTM 65 - magneto original

KTM 65 magneto original

KTM 65 agora com o Magneto Giromax

KTM 65 com Magneto Giromax

Com o Magneto Giromax em funcionamento

Filho do mecânico Volmir Wrzesinski com sua KTM 65 - Erechim/RS

terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Abertura do Campeonato Catarinense de Velocross - LIMASC

Nos dias 08 e 09 de fevereiro, na cidade de Ipira,  foi dado início ao circuito do Campeonato Catarinense de Velocross e a equipe Cachimbina Giromax se fez presente, seguem algumas imagens:
 
Em teste: na Tornado do piloto Maicon (Herval d'Oeste) a dupla ignição Cachimbina Twin Spark.
 
O cabeçote foi preparado pela equipe Cachimbina Giromax.
  
Piloto Colera (Campos Novos) 1o. colocado com uma CRF 230, usando Cachimbina.

Piloto Cassiano Gomes (Abelardo Luz) 1o. colocado com sua RDZ 135, usando Conjunto Giromax (volante, CDI, Cachimibna).